sábado, abril 02, 2005

20:37



Com mais de 30 voltas ao mundo percorridas, depois de ter recebido mais de 1000 chefes de governo, tendo sido a primeira voz do mundo ocidental a apelar a uma intervenção, pela força se necessário, quando o cerco a Serajevo ameaçava tornar-se em mais um insuportável genocídio, após ter sido o primeiro porta-voz da Igreja Católica a pedir perdão pelos erros cometidos ao longo de dois milénios de existência, após o empenho no entendimento inter-religioso em prol da paz no mundo, morreu em Roma Karol Wojtyla, o Papa João Paulo II.

2 comentários:

Anónimo disse...

Karol Wojtyla se faz favor e não Karol Wojtila....

musqueteira disse...

O Peregrino da Paz, está desde já com o "Senhor".
O Perdão foi sua bandeira, e um exemplo na luta de um mundo melhor.
Um exemplo e um bom Cristão.

 
Iniciativa Legislativa de Cidadãos contra o Acordo Ortográfico. Leia, assine e divulgue!