terça-feira, abril 26, 2005

26 de Abril de 2005


"Certamente a comunidade internacional, nomeadamente as Nações Unidas, a CPLP e a CEDEAO, ainda não percebeu que as autoridades do país não têm o poder e a força necessária por forma a implementar por si só a indispensável e urgente reforma das forças armadas tribalizadas e constituídas por gente que apenas aprendeu a matar como o único meio de conseguir a sua promoção e ocupar os lugares de suas vítimas, ex-camaradas, e depois vem descaradamente impor a amnistia para os crimes praticados a sangue frio.(...)"

Extracto de um texto, a meia página, da autoria de Fernando Ka, dirigente da Associação Guineense de Solidariedade Nacional, publicado na página 11 do Público de hoje, 26 de Abril de 2005.

3 comentários:

dragão disse...

Ora aqui está um texto bem achado para elucidar acerca do 26 de Abril.
Bem sugestivo, por aquelas latitudes "libertadas".

dragão disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
O Micróbio disse...

É a típica frase que nos faz engolir em seco...

 
Iniciativa Legislativa de Cidadãos contra o Acordo Ortográfico. Leia, assine e divulgue!