domingo, julho 24, 2005

Presidenciais 2006

O gráfico com que o Expresso resolveu acompanhar mais uma das suas sondagens, desta feita relativa a umas eleições presidenciais que se realizarão daqui a seis meses, é em si próprio expressivo e digno de nota. Senão repare-se:

1. Cavaco Silva, aparece numa atitude despreocupada, de mão no bolso, como quem caminha seguro do que quer, sem dúvidas, poucos enganos e nenhum Bolo-rei. Mas atenção! O que é que ele leva na mão? Um jornal. Ele leva um jornal na mão. Para quem se gabava de nunca ler jornais, há contradição que chegue.

2. Em seguida aparece Mário Soares. Aparece não. Acontece. Mário Soares acontece de repente, vindo de parte nenhuma, como uma bailarina acabando um pas de deux. Ou como um génio cuja lamparina foi inadvertidamente esfregada. Nada na mão esquerda. Nada na mão direita. Eis-me.

3. Manuel Alegre parece ter sido tele transportado por engano. Enganaram-se nas coordenadas e em vez de se ver calmamente a deambular pelos corredores de S. Bento, dá consigo em cima dum 42 a olhar, pasmado, para as evoluções dançantes de Soares perante a calma intranquila do Sr. Aníbal.

4. Por fim, Freitas do Amaral surge sobraçando os complicados dossiers que terá que estudar para quando arrancar com a campanha eleitoral, enquanto que a mão direita se presta a largar a pasta dos Negócios Estrangeiros, aguardando para isso um momento em que ninguém esteja a olhar. Se alguém olhar, pode sempre abanar a pasta, como quem chama um táxi.

5 comentários:

Spin Doc disse...

2ª-MAIS UMA EXTRAORDINÁRIA NA 8 DE MAIO
devido à falta de quorum imposta pela saida do alcaide de almedina, (para explicar aos jornaleiros, as arroxadas da santa teresa marta do nascimento) a prefeitura volta a reunir em mais uma encarnaçãozada extraordinária:esta segunda,nunca antes das 15 e nunca depois das 20.
como sempre. estãos convidados a fazer a vossa intervenção pública ou a enviar postais de natal aos vossos autarcas...

VÁ AO BLOG DOS SEM BLOGS E MANDE A SUA
jornaleirosdecoimbra.blogspot.com

alias disse...

O "Expresso" sabe-a toda, não há dúvida! Com tamanha falta de candidatos, ainda vemos o nosso ex-primeiro ministro Santana a lançar-se na corrida. Ou os monárquicos a exigiriem a entrega da cadeira a Duarte Pio. Bem hajam!

alias disse...

Caro Afonso Henriques, já agora, podia dissipar uma dúvida? O seu aio foi Egas Moniz ou Soeiro Mendes?

Afonso Henriques disse...

Soeiro Mendes da Maia? Nunca o cheguei a conhecer. Morreu em 1108, três anos antes de eu nascer.

O Velho da Montanha disse...

Muito bom este seu texto. Se eu fosse republicano se calhar até seria influenciado por este tipo de publicidade subliminar. Como sou Monárquico e não acredito neste concurso das presidenciais, como sempre, abster-me-ei olimpicamente. Um abraço.

 
Iniciativa Legislativa de Cidadãos contra o Acordo Ortográfico. Leia, assine e divulgue!