sexta-feira, agosto 12, 2005

Desprezo II


«Os incêndios são preocupantes quando há pessoas e bens afectados, mas a situação não é de uma enorme gravidade do ponto de vista da conservação da natureza»

Humberto Rosa, secretário de estado do ambiente, referindo-se aos 15.500 Ha de área "protegida" ardida, no rescaldo dos incêndios deste ano.

5 comentários:

Anónimo disse...

Amazing job on your Blog! I'll definatly be coming back. If you're interested, check out my free credit report secrets blog that shows unveils all th secrets there are to know about finding everything about your credit for free.

Anónimo disse...

Por favor queimem o Humberto Rosa. Aí está uma situação que não representa uma enorme gravidade.

JRD disse...

Sejamos razoáveis. O homem tem razão já não há quase nada para conservar.

rajodoas disse...

Então é isso. Pelos vistos os governos não atribuem suficiente importância à floresta e então aplaudem que a mesma
arda sem atingir bens pessoais para não terem que ressarcir as vítimas.
É pena que os pirómanos não tenham a oportunidade de incendiar estas azémolas
que proferem estes disparates.

Anónimo disse...

Mas quem é que ainda em Portugal liga á merda dos fogos?
Eu pela parte que me toca acho as chamas e labaredas lindíssimas...
O eco sistema que se foda!

 
Iniciativa Legislativa de Cidadãos contra o Acordo Ortográfico. Leia, assine e divulgue!