quinta-feira, outubro 27, 2005

Deprimente

É como facilmente se adivinha que virá a ser a próxima campanha para a Presidência da República.
As confusões de Mário Soares, relatadas no Público de ontem, não são compatíveis com uma figura que se queira para chefe de Estado, a não ser na República Portuguesa.E isso diz muita coisa.
A insistente identificação do Partido Socialista com este candidato, reafirmada insistente e publicamente por Jorge Coelho nos últimos dias, diz o resto.

3 comentários:

Flávio disse...

Eu não li o Público, mas antes um Mário Soares chalupa que um Cavaco em toda a sua lucidez.

Anónimo disse...

Está ga-ga

rajodoas disse...

Libertados da seca severa motivada pela falta de pluviosidade que regressou em boa hora, passamos a ser flagelados por esta nova seca.

 
Iniciativa Legislativa de Cidadãos contra o Acordo Ortográfico. Leia, assine e divulgue!