terça-feira, junho 06, 2006

Da Hipocrisia


Percebo que o tabaco possa fazer mal à saúde. A feira do cavalo na Golegã também pode fazer e não é por isso que é proibida. Nem as corridas de toiros (eufemísticamente apelidadas de touradas por aqueles que, vítimas de miopia genética, confundem gatos pretos e brancos com vacas, ao longe). Os ralis também têm o seu quê de pernicioso para a saúde. Basta revermos as varreduras que, a talho de foice, ceifam os Domingos a tantos incautos nas bermas do Reino.
A última lei persecutória da república nativa proclama a inimputabilidade dos proprietários de estabelecimentos de comes-e-bebes cá do reino face à proibição de se fumar em locais públicos.
A culpa e responsabilidade recai apenas e só sobre os prevaricadores, ou seja, no lombo de quem for apanhado a fumar em tais estabelecimentos.
A hipocrisia é tanto maior quando se constata que uma fracção significativa da receita dos produtos e derivados do tabaco vai para aos cafundós da tesouraria do Reino, perdão, da República.
Por um lado taxam-se os que fumam. Pelo outro perseguem-nos porque fumam.
Ou seja:
Na génese da legislatura republicana, o que é taxável é persecutável, ou seja, o que é colectável é, à partida ilegal, criminoso e, portanto, passível de perseguição.
Depois venham-me falar de esquizofrenia e tal e coiso e o caralho.
Face a mais este tique pombalino republicano cócó, anuncio em primeira mão a iniciativa que conduzirá à criação da Associação Portuguesa dos Fumadores de Tabaco.
Mais informo que só fumo tabaco de enrolar, Amsterdamer de preferência, servido em mortalhas Smoking Azuis Duplas, devidamente entubadas com filtro Rizla +, slimline 6mm, ou seja dos verdes.
E só a partir do fim da tarde, enquanto piloto os comandos do grelhador que espera a picanha, uruguaia de preferência, e outras iguarias preparadas com ternura e primor pela sempre presente Sancha, mulher D'Armas e Ofícios a quem devo o ainda viver agora.

P.S. Tentei postar os dois desenhos de contracapa dos livros de Lucky Luke, o antes e depois da limpeza Stalinista que substituiu o Lukcy Luke verdadeiro, o que fuma, por esta versão metrossexual que chupa palhinhas em formato tridente.
O cabrão do Blogger não deixou. Amanhã tentarei de novo. De qualquer maneira aqui fica a dica, à laia de treoria da conspiração: se repararem bem, é técnicamente impossível que a sombra da palhinha se localize do lado oposto do coldre. A sério. Reparem bem.

2 comentários:

Manoel das Couves disse...

Em http://abanacao.blogspot.com estão disponíveis dois inquéritos que pretendem (de alguma forma) intervir na Consulta Pública sobre a proposta de Legislação antitabágica que o Governo apresentou. O que é também uma forma de participação cívica, para que outros não determinem autocraticamente aquilo que também nos diz respeito.

MFR

Cãocompulgas disse...

Ai Sôdom Afonso que o senhor tem muita razom mas disse um palavrom :)

Apoio. Sou fumadora confessa e convicta. Tb quero um dia!

Cumprimentos. Boa semana.

 
Iniciativa Legislativa de Cidadãos contra o Acordo Ortográfico. Leia, assine e divulgue!