sábado, fevereiro 23, 2008

Tabus

Muito comentada a entrevista de Sócrates na SIC, reduzida por Vasco Pulido Valente no Público a mera sessão de propaganda.
Angustiaram-se as hostes(*) com a "falta de futuro" que persistiu na referida entrevista.
Desenganem-se, oh hostes. Se há coisa que não faltará é futuro. Com Sócrates, claro.
E isto porque o tabu da recandidatura de Sócrates não existe.
Ele aparecerá, acreditem, ufano, sorridente e confiante, autor intérprete e realizador da sua própria grande obra: O futuro sou eu.
Quanto a Cavaco, poderá ficar na recente história de Portugal como o primeiro presidente da república a não se recandidatar a um segundo mandato.


(*) Teresa de Sousa e o gajo que a plagiou no Público mas de que me não lembro o nome e não tenho paciência de procurar e que jogava ping-pong com a Helena de Matos.

Sem comentários:

 
Iniciativa Legislativa de Cidadãos contra o Acordo Ortográfico. Leia, assine e divulgue!