quinta-feira, maio 12, 2011

Histórias de encantar I - 2ª edição

Era uma vez um naufrágio. A ele sobreviveram dois tipos, ambos feridos: um ficara totalmente cego e o outro ficara cego de um olho e só via pelo cantinho do outro olho.

Tendo conseguido trepar para um escaler equipado com um par de remos e um leme à popa, o que via pelo cantinho do olho decidiu que o melhor para ambos seria ir ele ao leme e o cego que remasse. E assim foi. Ao fim de uma semana porém, o cego manifestava evidentes sinais de cansaço pelo que decidiram trocar. Passou o cego para o leme e o que via pelo cantinho do olho pegou nos remos. Os tubarões escoltavam a desgraça. De vez em quando o que via pelo cantinho do olho olhava com isso para trás e ia dando orientações ao cego sentado na popa do escaler, ao leme.

“Mais para a esquerda” ou “mais para a direita” berrava o remador que isso de “bombordo” e “estibordo” era conversa de navegantes e eles não passavam de meros candidatos a 1º Ministro, sobreviventes de umas férias num cruzeiro. A certa altura, num intervalo entre duas olhadelas, o escaler embateu em qualquer coisa o que fez com que o punho de um remo saltasse da mão e acertasse precisamente no cantinho do olho são do remador cegando-o por completo. “É o fim!!” berrou o remador. O cego pensou que tinham chegado à costa, e de pronto saltou do barco berrando “Boa! Boa!”.

Os tubarões mostraram-lhe quão errado estava.

O que via pelo cantinho do olho, com aquilo tudo de remar e olhar para trás, do impacto, do remo a saltar, a acertar-lhe no cantinho do olho e a cegá-lo ficou sem perceber patavina do que se passava. Ao ouvir o cego saltar para a água gritando “Boa!” julgou que tinham chegado à costa e saltou. Segundo e derradeiro esclarecimento por parte dos tubarões.

Silêncio no oceano.

5 comentários:

Nilza disse...

Acho que estou ficando oca das idéias...li, li, reli, treli e fiquei que nem os cegos, não entendi patavina ou já está tudo explicado.
Só fiquei com pena dos tubarões...terão indigestão após degustar dois candidatos a primeiro ministro, como todos sabem...politico não é prato que se "coma", azeda antes de chegar á boca...

Afonso Henriques disse...

Tem vagamente a ver com a 3ª via teorizada por Anthony Giddens e que teve em Tony Blair, ex-PM inglês, o seu mais ferrenho adepto, com as consequências que se vêm. Em Portugal também tem os seus seguidores. Pelo menos dois... :)

Nilza disse...

o sr tá vendo?!!! nem o blogger respeita os comentários da gente rsrsrs tal como os tubarões devoraram os candidatos, ele engoliu os meus tambem...
Afxxx!!

Afonso Henriques disse...

Disclaimer: todos os comentários que foram apagados deste post foram-no por meios desconhecidos do autor do blog e por isso alheios à minha vontade.
Peço desculpas para a Nilza. E para mim.

Nilza disse...

O senhor tá vendo as "fezes" que dá quando tubarões devoram politicos??? não lhe disse que os coitadinhos iam ter indigestão?!!! ou então eles tem tanta sorte que até os comentários somem.
Não precisa desculpar-se senhor...sei muito bem que o blog estava "bugado".

 
Iniciativa Legislativa de Cidadãos contra o Acordo Ortográfico. Leia, assine e divulgue!