quarta-feira, abril 25, 2012

25 de Abril sempre ?

Como data de calendário, sem dúvida. Como feriado, duvido: o frenesim anti-feriados que acometeu a nomenklatura republicana indígena poderá ter repercussões imprevisíveis. Além de que a tendência para privatizar tudo também já chegou aos feriados; por exemplo, a Associação 25 de Abril acha que é dona da data e vai daí decidiu não se associar às comemorações de hoje. Dois ex-candidatos à Presidência da República e um ex-Presidente da República, Mário Soares e Manuel Alegre (duas pessoas apenas, mas três cargos, o que demonstra como a república é prolixa a criá-los e a distribui-los) resolveram ser solidários um com o outro e com a referida Associação e decidiram não alinhar nas comemorações de hoje.
Curiosamente ainda há pouco tempo ambos protagonizaram dois episódios confrangedores: Soares, apanhado a circular num veículo a 199 km/h na Autoestrada encolheu os ombros e disse que quem pagava a multa era o Estado, ou seja, nós os contribuintes. Alegre deu graças a Deus por não ter ganho as presidenciais e ser assim poupado à humilhação de assistir à chegada da troika enviada pela "Europa" para pôr ordem cá no estabelecimento. Olha a sorte que ele teve!

Sem comentários:

 
Iniciativa Legislativa de Cidadãos contra o Acordo Ortográfico. Leia, assine e divulgue!