quinta-feira, março 17, 2005

Solução?


Pireliófero

A "Máquina" idealizada e construída pelo Padre Himalaya, que impressionou na Exposição Mundial de St. Louis em 1904 ao fundir pedra em segundos, poderia ser utilizada na evaporação maciça de toneladas de água salgada processando-se por arrefecimento natural a sua posterior condensação obtendo-se desse modo água doce para rega?
Ou será um disparate completo?

2 comentários:

riacho disse...

A ideia em si, é genial, só que à temperatura a que a máquina atinge, presumo que não haveria sequer água nenhuma condensada (mas eu não percebo nada e posso estar bem enganada). Talvez conseguir-se diminuir à potência? E que é feito da máquina?

Anónimo disse...

Mea culpa pela minha ausência e muitos cumprimentos ò Afonso Henriques. Só espero que o meu Portugês se mantenha.
Sei que durante o tempo dos Kibutz(ym) em Israel foram desenvolvidos sistemas de des-salinização para as regas o que tornaram esse Estado um dos maiores exportadores de frutos e produtos hortículas do mundo na épocade setenta a noventa.
Sei que a Suécia adoptou a des-salinização em Estocolmo, p. ex., extraindo a água dos seus canais levando-a á evaporação para aquecimento das cidades e obtendo água pura para as centrais termo-eléctricas.
Escrevi 'des-salinização' porque já não me recordo se é assim ou tudo junto.

Yochanan Hayash D'Affonseca
krark_org@netcabo.pt
http://foziber.no.sapo.pt

 
Iniciativa Legislativa de Cidadãos contra o Acordo Ortográfico. Leia, assine e divulgue!