segunda-feira, abril 18, 2005

Pesadelo

Alberto João Jardim tem um pesadelo recorrente que é assim:
Todas as noites, no quase quase adormecer, ouve ao longe os ecos de uma melodia : "...a plaina corre ligeira, sharia sharia shariaôôô, tornando lisa a madeira..."

1 comentário:

JRD disse...

Acho que quem corre ligeiro é o berbequim que faz buracos em tudo quanto é Madeira...e nós a pagarmos.

 
Iniciativa Legislativa de Cidadãos contra o Acordo Ortográfico. Leia, assine e divulgue!