segunda-feira, maio 30, 2005

Segunda de manhã

O Não ganhou em França. O que significa isso? Significa que os franceses estão com medo.
Quando se prefere coisa nenhuma a qualquer coisa que seja é porque se está com muito, muito medo. E o medo é mau conselheiro. Qualquer país que tenha assinado o Tratado de adesão deu um passo decisivo numa caminhada que não se compadece com desistências e que cobra caro atrasos.
Seguir-se-á o Não da Holanda, com medo da Turquia europeia e da imigração. E Portugal? terá medo de quê? Cutileiro tinha razão: Há demasiados soldados desconhecidos nesta Europa que se pretende Federada. Cá para mim tenho que, ao ver Le Pens e Louçãs de braços dados a apelarem ao Não é razão suficiente para eu votar Sim.

..................................................* * * * *

O Vitória de Setúbal ganhou a Taça de Portugal frente a um Benfica desorientado, cansado, desmotivado e ressacado. Nem o empurrãozinho do árbitro ao assinalar um penalty inexistente conseguiu demover o empenho sadino. E o silêncio e calma que esta vitória verde e branca trouxe às nossas casas, ruas e avenidas: nem um piu, nem uma buzinadela, nem nada.


..................................................* * * * *

O comboio inter-cidades entre Lisboa e Évora paga-se mas não existe; faz escala em Casa Branca, perto de Vimieiro, de onde se tem que mudar para uma Automotora de 1950 que demora 30m a fazer os 27 km que faltam até Évora. Tremo só de pensar no TGV.

1 comentário:

JRD disse...

Vamos por partes:
1)Suponha um referendo sobre a Monarquia à escala planetária. Lá estariam o rei Juan Carlos e o Rei Fahd ( que está a dar o berro) a votar lado a lado, acha que são iguais?
Pois é, a única vez que vi o Louça "ao lado" do Le Pen foi em Palmela e mais ninguém teve coragem de lá ir denunciar a reunião fascista.
2)Cá no prédio há um sportinguista que soltou o grito estrangulado na garganta há várias semanas,
deduzi logo o que se passava.
3) O TGV chega ao Cais do Sodré?
Abraços

 
Iniciativa Legislativa de Cidadãos contra o Acordo Ortográfico. Leia, assine e divulgue!