segunda-feira, dezembro 01, 2008

1640

______________Imagem retirada daqui.

Há trezentos e sessenta e oito anos Portugal dava a primeira sacudidela a sessenta anos de subordinação a Espanha abrindo caminho à (mais uma) luta pela independência, numa guerra que durou vinte e oito anos seguidos. À margem do regime actual, há quem insista em recordar os seus antepassados e a sua terra que deram o sangue e o chão para Portugal continuar. Como em Santo Aleixo, concelho de Moura, por exemplo. Escritores como José Saramago e Arturo Pérez-Reverte acham que não, que não faz sentido Portugal ser um país independente de Espanha.
Vão até lá, até Santo Aleixo regougar a ver o que os da terra pensam disso.

Sem comentários:

 
Iniciativa Legislativa de Cidadãos contra o Acordo Ortográfico. Leia, assine e divulgue!