segunda-feira, março 11, 2013

Regresso

Regresso hoje à B.L.U.S.A. (blogosfera lusa) de onde tenho andado arredado nos últimos tempos derivado ao facto, simples e cristalino, da minha vida ter andado complicada e embaciada há já tempo demais.
Assim, embora a minha vida, que não é para aqui chamada, ter andado difícil e vesga, resolvi que tinha toda a razão o gajo que escreveu "mais vale coxo que parado" e que, aliás, foi o mesmo que disse um dia à porta da tasca de Santa Vitória do Ameixial "se quem tem um olho em terra de cegos é rei, quem tem um rei em terra de cegos vê a dobrar".
Adiante que se faz tarde e não há tempo a perder: O Dragão foi-se embora, o que é uma grandessissima chatice; ainda tenho esperanças que seja uma ausência sabática (o gajo vai aos arames com a expressão) e que volte em grande e a alastrar fogo nesta pasmaceira em que até o maradona anda perdido.

É extraordinário o que esta merda, refiro-me à Nação em geral, piorou! Exactamente quando se achava que não podia ser pior eis que a realidade nos embate nas ventas com o fragor de uma trovoada apeada obrigando-nos a mais uma voltinha, mais uma viagem nesta treta de carrossel a que alguns chamam vida.
A satisfação que sinto em escrever português, com pontuação e com a ortografia legalmente em vigor, ou seja, de acordo com as normas de 1945, traz-me uma alegria indescritível. Isso só por si é suficiente para voltar. Ainda por cima com o bónus acrescido de vislumbrar um horizonte infindável de lombos bovinos a merecerem ser zurzidos sem dó nem piedade, tanto na pele de políticos como de polícias, de professores, de médicos, de enfermeiros, de funcionários da carris, de participantes e espectadores do prós e contras, eu sei lá.

Sem comentários:

 
Iniciativa Legislativa de Cidadãos contra o Acordo Ortográfico. Leia, assine e divulgue!