sexta-feira, junho 03, 2005

A caminho de Olivença

O Dragão, incontornável figura da B.L.U.S.A., (blogosfera lusa) através de mais uma flamejante invectiva escrita, exorta as hostes de forma eloquente, dramática e decisiva, sobre a melhor estratégia para a recuperação de Olivença, essa terra de (...) olivenses (ou olivenceses, ou olivedosos, ou lá o que são)(...). Mesmo que os ditos cujos se arremelguem de espanto, desconforto e negação, e (... nos presentearem com umas lúgubres trombas cravejadas de olhos de carneiro mal morto absolutamente remelosos...). Afinal, (...) Depois do polícia global americano, esse bandalho inoxidável, chegou a hora do GNR global português, esse enigma biodegradável.(...). Cá por mim, só pararei Poitiers, carago!
Atente-se no entanto no seguinte: independentemente do sucesso ou insucesso de semelhante missão reconheça-se, e de uma vez por todas, que o Dragoscópio é do melhor que orbita a blogosfera cá do Reino.

6 comentários:

MP disse...

É isso mesmo! :)

Anónimo disse...

Deixou-me estupefacto...E a barriga a doer-me.

C.Sousa

O Micróbio disse...

Outra vez Olivença? Faça-se um referendo em Olivença e se pergunte aos Olivenses que querem ser... :-)

Anónimo disse...

"Eu não percebo estes bandalhos. Se há jornalistas cujas mães são putas, eles são, logicamente, Filhos da Puta" - Quitéria Barbuda in "Os Filhos da Puta da Comunicação Social", Revista "Espírito", nº 4, 2005.

www.riapa.pt.to

JRD disse...

No referendo efectuado, houve um único Oliventino(?)que votou a favor do regresso à soberania portuguesa.
Foi imediatamente internado em Badajoz...

Anónimo disse...

O problema é que os nossos amigos "castelhudos", em duzentos anos de ocupação, conseguiram "afastar" as raizes portuguesas dos oliventinos. A maioria dos actuais oliventinos são descendentes de "castelhudos" que (i)migraram para a zona de Olivença após a ocupação do território.

 
Iniciativa Legislativa de Cidadãos contra o Acordo Ortográfico. Leia, assine e divulgue!