segunda-feira, junho 20, 2005

Meteoropirologia

É uma nova forma de meteorologia que inclui a previsão de incêndios no território de Portugal ao classificar determinadas zonas como de "risco máximo", "alto risco" e "em risco".
Este serviço, pasme-se, é fornecido pelo Instituto Nacional de Meteorologia.
Como a canícula ou os nevões, os incêndios passaram a ser um fenómeno meteorológico natural previsível e sazonal.



15 comentários:

PedroMS disse...

Gargalhadas, rebolando no tapete...

dragão disse...

Eu, sinceramente, acho que é já uma espécie de toxicodependência das nossas matas e florestas. Mal chega o verão (pior, este ano, até no inverno) desatam a dar no lume. Já não passam sem o fumo.

Não é uma catástrofe: é uma doença.

whitesatin disse...

Meteorologia, meu caro. Meteorologia ;)
Ou se quiser, num vernáculo mais próprio, dentro da áera: Mentirologia. Porque, "normalmente", as previsões meteorológicas são sempre muito pouco previsíveis. Hehehe

sofia disse...

Ai, ai... está tudo queimadinho... na zona dos neurónios.

Afonso Henriques disse...

Agradeço a correcção, whitesatin.
Esta dislexia do camandro...
Sofia, quanto aos torresmos de neurónios, com este calor querias o quê ? A acompanhar ? Mazagrin e limonadas? :))

rajodoas disse...

E curiosamente nesta parte acertam sempre na previsão. Eles anunciam as zonas de risco as televisões fazem uma ampla divulgação e os pirómanos aos serviço dos diversos interesses instalados, entram em acção lançando fogo por terra e pelo ar.E assim vamos assistindo ao consumir do pouco que resta de floresta e mata que irá transformar este País num enorme rectangulo de relva verdejante onde as bestas se exibirão de tacos de golfe na mão.

sofia disse...

É mesmo para dizer o que é que eu queria, D. Afonso? Não?! Este calor queima mesmo... :)

pindérico disse...

Aquilo que mais me preocupa, enquanto cidadão deste país, é que, se as coisas correrem "benzinho" vamos convencer-nos de que o problema está "quase resolvido"!!

Flávio disse...

Adorei o neologismo, Afonso!

O Micróbio disse...

É uma questão de prevenção... e só fica bem!

Afonso Henriques disse...

Não é uma questão de prevenção, caro Micróbio. É, isso sim, uma atitude de desresponsabilização e de "é o fado" tão característica desta república à beira mar plantada.
Prevenção é isto:
http://portugraal.blogspot.com/2004/12/transcrito-da-grande-reportagem-de.html

Anónimo disse...

"Sócrates é de compreensão muito lenta. Dá a ideia de que por ser mais sensível noutro lado, só caga sentenças" - Quitéria Barbuda in "Invertido na Política", Revista "Espírito", nº 5, 2005.

“Um Projecto para Lisboa
Tem como cabeça de cartaz um cidadão que um dia foi apanhado na cama com a mulher de outro, em sexo oral, pelo marido desta, e foi para o Conselho de Ministros com um “olho à Belenenses” e um testículo inchado”- John Holmes in “Ratas Intelectuais”, Revista “Gina”, nº 1024, 2005.

www.riapa.pt.to

sofia disse...

D. Afonso...? De férias??!! Os reis também têm férias, agora?

sofia disse...

Desculpem. Faz-me confusão ver aquele 13 nos comentários...

Anónimo disse...

Passo horas no cafe
Sem saber para onde ir
Tudo a volta e tal feio
so me apetece fugir

Welcome to my country;)

 
Iniciativa Legislativa de Cidadãos contra o Acordo Ortográfico. Leia, assine e divulgue!